Skip to content

Saiba Como se Cadastrar no Programa Nota do Milhão

O programa Nota do Milhão premia consumidores do município de São Paulo que pedem o CPF ou CNPJ na nota sempre que pagam por um serviço. No entanto, para que isso seja possível, é preciso saber como cadastrar na nota do milhão.




Somente mediante o cadastro na nota do milhão o consumidor poderá exigir o CPF/CNPJ na nota fiscal e, dessa forma, acumular créditos e bilhetes para sorteios.

O programa é destinado a pessoas físicas e pessoas jurídicas.

Tais sorteios entregam, mensalmente, 1 milhão de reais a um ganhador.

Assim sendo, sempre que uma nota fiscal de serviço é emitida em seu CPF, você arrecada 1 bilhete eletronicamente.

Mensalmente os participantes só podem arrecadar seus bilhetes, de forma que no mês seguinte eles não poderão ser reutilizados.




Para saber como se cadastrar na nota do milhão e obter mais informações sobre o programa, acompanhe abaixo:

Como Cadastrar na Nota do Milhão

Para realizar o cadastro na nota do milhão é muito simples. Você pode se cadastrar concomitantemente com o programa nota paulista, que, por sua vez, é administrado pelo estado de São Paulo.

  • Siga as instruções abaixo para realizar o cadastramento na nota fiscal paulistana:
  • Acesse o site do programa Nota do Milhão;
  • Clique na opção “Não possui senha? Informe seu CPF/CNPJ e CLIQUE AQUI”
  • Informe que você é Pessoa Física à nota fiscal paulistana, ou pessoa jurídica e digite o código de verificação;
  • Informe se você possui ou não certificação digitaal e avance;
  • Ao lado da opção Cadastre-se, clique em Entrar e informe todos os dados solicitados;
  • Posteriormente você deverá solicitar uma Senha Web. Ao ser gerada, utilize-a sempre que você for acessar o programa.

Quem Pode se Cadastrar no Programa?

O cadastro no Nota do Milhão pode ser feito por qualquer pessoa que tenha interesse e que consuma serviços na cidade de São Paulo.

Trata-se de um programa destinado a pessoas físicas e pessoas jurídicas.

No entanto, funcionam de formas distintas à modalidade de cadastro.

Apenas pessoas físicas podem participar dos sorteios mensais, enquanto apenas pessoas jurídicas podem realizar o resgate de créditos acumulados.

O programa é administrado pelo município de São Paulo e funciona de forma independente ao programa Nota Paulista.

Assim sendo, os usuários podem utilizar os dois programas para obterem mis vantagens.

Quais Notas Fiscais Fornecem Bilhetes e Créditos?

No programa Nota do Milhão, apenas as notas fiscais de serviço permitem que o usuário acumule créditos e bilhetes eletrônicos.

Isso ocorre, pois, o valor que é revertido ao participante é oriundo do ISS, imposto cobrado pelo município aos prestadores de serviço.

Dessa forma, parte do valor arrecadado em ISS é destinado à premiação e resgate de créditos do programa.

Já as notas fiscais obtidas em compras também podem ser solicitadas com a inscrição do CPF ou CNPJ.

No entanto, neste caso, as notas fiscais se destinarão ao programa estadual Nota Paulista.

Como São Gerados os Bilhetes Eletrônicos?

Sempre que um consumidor exige o CPF na nota fiscal de serviço, 1 bilhete é computado à sua conta, independentemente do valor do serviço tomado.

Para isso, não é necessário que o consumidor faça nada, desde que esteja devidamente cadastrado no programa.

Mensalmente os usuários podem arrecadar até 100 bilhetes, para que a desvantagem não fique muito discrepante em relação a outros participantes.

Os bilhetes gerados até o dia 25 de cada mês estrão aptos a participar do concurso do mês sequente, que ocorre até o 5º dia útil de cada mês.

Os bilhetes gerados depois do dia 25 serão acumulados para o sorteio do mês posterior.

No sorteio do mês de dezembro o prêmio é dobrado e entregará 2 milhões de reais ao vencedor.